Balanço de chuva (05 e 06/02)


06/02/2020

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO 20h15

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que o município do Rio de Janeiro continua em ESTÁGIO DE MOBILIZAÇÃO desde as 1h30 desta (quinta-feira), dia 06 de fevereiro. Equipes da prefeitura ainda trabalham em ocorrências provocadas pela chuva em algumas vias da cidade.

O Estágio de Mobilização é o segundo nível em uma escala de cinco e significa que há riscos de ocorrências de alto impacto na cidade.


Saiba mais sobre os novos estágios operacionais: http://bit.ly/novosestagios

PREVISÃO DO TEMPO

O Alerta Rio informa que até o fim desta quinta-feira (06/02), ainda por causa de áreas de instabilidade sobre a região Sudeste e também devido à alta disponibilidade de umidade, a previsão é de chuva fraca a moderada, isolada, a qualquer momento.

Nesta sexta-feira (07/02), o tempo ainda permanece instável. O calor e a umidade vão criar condições para chuva fraca a moderada no período da tarde.


No fim de semana, entre sábado (08/02) e domingo (09/02), o posicionamento de um sistema de alta pressão vai ajudar a diminuir a nebulosidade e não há previsão de chuva para esses dois dias. As temperaturas sobem e a máxima deve passar dos 35°C nesse período.


ATENÇÃO: na segunda-feira (10/02), com a aproximação de uma frente fria, a previsão é de CHUVA MODERADA A FORTE a partir da noite, com raios e rajadas de vento forte (entre 52 km/h e 76 km/h).

BALANÇO DA CHUVA (05/02/20)

Histórico do evento chuvoso

1h30 do dia 06/02 - A cidade do Rio de Janeiro retornou ao Estágio de Mobilização e permanece neste estágio durante esta madrugada e início de manhã de quinta-feira (06)

22h do dia 05/02 - O município do Rio RETORNOU para Estágio de Atenção às 20h45 desta quarta-feira (05/02), após ter ficado em Estágio de Alerta entre 18h15 e 20h45. Abaixo, está um balanço parcial das ocorrências provocadas pela chuva desta tarde:

BOLSÕES D'ÁGUA/ALAGAMENTOS

Não há mais registros de bolsões d'água ou vias alagadas na cidade. 

ÁRVORES 

As árvores que caíram em vias públicas já foram retiradas. 

 

ONDE MAIS CHOVEU

O Alerta Rio informa que a chuva começou a ser registrada, nesta tarde, às 16h30, em Santa Cruz, já com uma pancada muito forte de 14,0mm. Nesta região, na Zona Oeste, a chuva perdeu força um pouco depois, por volta das 16h45, quando os registros começaram a cair para intensidade moderada a fraca - e assim permaneceram, sem se intensificar novamente.

Já no restante da cidade, a chuva ganhou muita força principalmente na Zona Norte. A chuva forte ocorreu entre 17h30 e 18h30, segundo dados do Alerta Rio. Veja abaixo os três locais onde mais choveu durante 15 minutos e durante uma hora:

EM 15 MINUTOS:

1 - São Cristóvão choveu 27,0mm entre 17h15 e 17h30 - isso é 30,4% da média histórica desta estação no mês de fevereiro, que é de 88,8mm;

2 - Grajaú choveu 25,2mm entre 17h15 e 17h30 - isso é 24% da média histórica desta estação no mês de fevereiro, que é de 105,1mm;

3 - Estrada Grajaú-Jacarepaguá choveu 23,8mm entre 17h30 e 17h45 - *não há média climatológica nesta estação.

EM UMA HORA:

1 - São Cristóvão choveu 72,0mm entre 17h e 18h - isso é 81,1% da média histórica de chuva desta estação no mês de fevereiro, que é de 88,8mm;

2 - Grajaú choveu 68,8mm entre 17h e 18h - isso é 65,5% da média histórica de chuva desta estação no mês de fevereiro, que é de 105,1mm;

3 - Estrada Grajaú-Jacarepaguá choveu 50,4mm entre 17h e 18h - *não há média climatológica nesta estação.

 

DEFESA CIVIL

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, subordinada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), registrou, das 18h até o momento, 59 chamados pelo canal 199 (de atendimento do órgão) devido às fortes chuvas desta quarta-feira que atingiram a cidade. As principais solicitações são por deslizamento de barreiras (16 chamados), desabamento de estrutura (12), infiltrações ou rachaduras em edificações (10) e  rolamento de pedra (5). Na quarta à noite, um imóvel foi interditado na comunidade da Chacrinha, no Complexo do Andaraí, por risco estrutural. As vistorias continuam nesta manhã em pontos da Zona Norte, a de maior demanda para o órgão. Técnicos também estão de prontidão no Centro de Operações Rio (COR) para qualquer eventualidade.

 Sirenes – Entre a noite de quarta e a madrugada de quinta-feira (dia 6), 64 sirenes foram acionadas em 38 - das 103 - comunidades de alto risco geológico do município visto que o índice pluviométrico nestas áreas atingiu o protocolo de desocupação preventiva (40 mm em 1h). As sirenes foram ativadas (entre 17h49 e 18h18) nas localidades de Cachoeira Grande, Cotia, Engenho da Rainha, Juramento, Macacos, Mangueira, Matriz, Morro do Céu, Pretos Forros, Nossa Senhora da Guia, Nova Divinéia, Ouro Preto, Parque Candelária, Parque João Paulo II, Parque Nova Maracá, Parque Vila Isabel, Santa Terezinha, São João, Barro Vermelho, Dona Francisca, Vila Cabuçu, Barro Preto, Borel, Chacrinha, Liberdade, Matinha, Mineiros, Morro da Fé, Parque Silva Vale, Rua Brício de Moraes, Rua Frey Gaspar, Salgueiro, Sumaré, Tuiuti, Telégrafos, Cachoeirinha, Formiga e Queto. O sistema foi desligado a partir das 23h40.

 Alertas sonoros - O sistema de monitoramento e alertas sonoras é baseado na avaliação dos índices críticos de chuva por meteorologistas do Sistema Alerta Rio, lotados no Centro de Operações Rio (COR), onde profissionais da DCMRJ atuam, de forma integrada, 24 horas/dia. O sistema conta ainda com a participação de líderes e voluntários da comunidade, além de pontos de apoio previamente definidos, caso haja a necessidade de evacuar provisoriamente moradores. O Sistema de Alerta e Alarme Comunitário para Chuvas Fortes da Prefeitura do Rio conta com 83 pluviômetros, 165 sirenes e 194 pontos de apoio.

 Informações via SMS - Qualquer pessoa pode receber alerta de chuva forte da Defesa Civil por meio de adesão voluntária. O cadastro é simples, rápido e gratuito: basta enviar mensagem de texto com o CEP de interesse para o número 40199.

 

OUTROS

ACARI

Vale ressaltar que na região de Acari segue em andamento o trabalho da força-tarefa da prefeitura para terminar os trabalho nesta localidade.

CONGESTIONAMENTO

Nesta quarta, o pico de congestionamento foi de 357 km, entre 18h30 e 19h. A média das últimas quartas-feiras*, no mesmo horário, era de 52km/h (em janeiro, o trânsito tem menos impacto, por causa das férias escolares).

ESTRADA GRAJAÚ-JACAREPAGUÁ

A Estrada Grajaú-Jacarepaguá precisou ser interditada entre 18h10 e 19h20 porque atingiu o critério de interdição de acumulado de chuva acima de 55mm em uma hora. Desde 19h20 ela segue liberada e sem retenções.

IMPORTANTE: não force a passagem em vias alagadas, seja de carro ou a pé. Espere a água escoar para se deslocar.

Baixe o app COR.RIO e deixa as notificações ligadas para você receber os avisos de chuva forte:

Android: bit.ly/appcor_android

iOS: bit.ly/appcor_ios2

 

Voltar
Telefones Úteis

Centro de Operações

Rio de Janeiro

Aplicativos

Endereço

Rua Ulisses Guimarães, 300 - Cidade Nova
CEP: 20211-225
Tel.: (21) 2976-4500

Assessoria de Comunicação
(exclusivo para imprensa)

Telefone: (21) 2976-4531 / 4538
E-mail: comunicacao@centrodeoperacoesrio.com.br

Dúvidas, Informações ou Denúncias

Ligue 1746 ou (21) 3460-1746,
quando estiver em uma cidade com código de área diferente do 21
 

Prefeitura do Rio de Janeiro - Todo o conteúdo deste website está licenciado sob a CC-ATTRIBUTION 3.0 Brazil,
exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.

Desenvovimento: SeteTalents