PREFEITURA APRESENTA PLANO VERÃO 21/22 PARA MINIMIZAR IMPACTOS DAS CHUVAS


07/10/2021
Iniciativa envolve 34 órgãos e antecipa o calendário de limpeza e desobstrução de vias, entre outras medidas.

A Prefeitura do Rio apresentou nesta terça-feira (05/10) o Plano Verão 21/22 com as principais ações preventivas adotadas por 34 órgãos do município. O objetivo é minimizar os impactos das chuvas na cidade e engajar o carioca na prevenção de risco. Coordenado pelo Centro de Operações Rio (COR), o planejamento estratégico é composto por 12 frentes de trabalho e estabelece parcerias com concessionárias de serviços públicos e órgãos do governo do estado.

De forma inédita, a Prefeitura antecipou diversas ações estratégicas antes do início do período chuvoso entre novembro de 2021 a abril de 2022. O Plano Verão integra todos os órgãos - que envolve 6.886 profissionais e 1.571 equipamentos – para promover uma atuação eficiente dos recursos públicos durante os eventos severos de chuva, com o foco no bem-estar e na preservação da vida dos cidadãos.

- Esse plano é a garantia para a população que a Prefeitura, com todas as suas limitações orçamentárias vividas neste ano, buscou se preparar para as chuvas de verão.  Vamos ver um conjunto de ações da Secretaria de Conservação na limpeza de ralos, da Rio-Águas na dragagem de rios e obras importantes da Geo-Rio - disse o prefeito Eduardo Paes, durante a divulgação do plano no Centro de Operações Rio (COR), na Cidade Nova.

O prefeito destacou que, por mais que a cidade se prepare, é necessário que os cariocas não se arrisquem em situações extremas. Lembrou que, por vezes, a força da natureza é capaz de qualquer tipo de medida preventiva.

- Vamos sempre lembrar que, por mais que a Prefeitura possa fazer, por mais recursos que se gaste, há situações extremas em que não há cidade que resista. Nessas ocasiões, vamos sempre pedir à população que fique em casa, que não se desloque, que deixe seus afazeres para depois, porque são momentos de emergência. Temos situações em que não há obra de drenagem, não há limpeza de galeria e de rua que possam resolver – ressaltou Paes.

Estão entre as 12 frentes de trabalho as operações de desobstrução de ralos de 50 vias públicas na primeira etapa; a limpeza de escadas hidráulicas de seis comunidades; as 13 obras de intervenção em geotecnia em sete bairros; a revisão e a atualização de protocolos de atendimento e assistência à população vulnerável com a inclusão de 27 novos pontos de apoio, além dos 15 exercícios simulados de desocupação de imóveis realizados; e a campanha de orientação e conscientização da população sobre os estágios operacionais da cidade.

Elaborados pela CET-Rio, os protocolos de ações integradas para túneis e interdição de vias também foram atualizados. Agora, o esquema contempla 21 vias, sendo quatro túneis (Rebouças, Santa Bárbara, Zuzu Angel e Grota Funda) e seis vias com critérios preventivos estabelecidos pela Geo-Rio, além de 85 pontos de bloqueios de trânsito, que serão operados por agentes da CET-Rio e da Guarda Municipal.

- O COR vai recuperar o papel de integração e coordenação. Começamos a fazer o planejamento para o verão mais cedo, precisamente durante o inverno, para minimizar os efeitos da chuva. Vamos também engajar o carioca na prevenção de risco, passando informações atualizadas pelas nossas redes sociais e pelo aplicativo COR.Rio - destacou o presidente do Centro de Operações Rio, Alexandre Cardeman.

Também participaram do evento os presidentes da CET-Rio, Joaquim Dinis; da Comlurb, Flávio Lopes; da Fundação Rio-Águas, Wanderson Santos; e da Geo-Rio, André Senos; além da secretária de Conservação, Anna Laura Secco, e do subsecretário de Proteção e Defesa Civil, Rodrigo Gonçalves.

 

Prefeitura antecipou Operação Rala Limpo em três meses

Iniciada em 5 de julho - três meses antes do período programado –, a Operação Ralo Limpo já fez a remoção de 411 toneladas de resíduos e a desobstrução de 4.201 ralos de 50 vias públicas com recorrência de alagamentos e bolsões de água. A ação envolveu 634 profissionais da Comlurb e da Secretaria de Conservação, que trabalharam em todas as regiões da cidade. Com base em mapeamento de vias feito pelo Centro de Operações, todos os pontos foram vistoriados, 29 obras, identificadas e oito intervenções já estão programadas. A segunda etapa da operação contemplará ainda outros 80 pontos indicados pelas subprefeituras.

O planejamento incluiu ainda a limpeza de escadas hidráulicas em seis comunidades: Borel, Andaraí, Rocinha, Santa Marta, São João e Complexo do Alemão. Ao todo, foram realizadas 80 ações pela Comlurb, que envolveram 904 agentes para a remoção de 178 toneladas de lixo. A ação prosseguirá com a limpeza nas comunidades do Tuiuti, Salgueiro, Chacrinha, Comunidade da Matriz, Cotia, Dendê, Vila Joaniza, Chacrinha (Mato Alto), Bateau Mouche, São José Operário, Favela do Areal, Vidigal, Mangueira e Morro dos Prazeres.

 

Geo-Rio já realizou 13 intervenções em contenções de encostas

Uma das frentes importantes é da Geo-Rio, órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura, com 13 intervenções de contenção de encosta e de reforço de estruturas nos bairros do Catete (cinco pontos), Tijuca (três pontos), Urca, Praça Seca, São Conrado, Vargem Grande e Senador Vasconcelos.

Outras quatro obras emergenciais estão previstas até o fim de 2021: na Av. Niemeyer e nos morros do Pavão-Pavãozinho, Mangueira e Salgueiro. Até o fim de 2022, mais oito obras serão realizadas em Santa Teresa, Tijuca (Casa Branca), Alto da Boa Vista (Mata Machado), Engenho da Rainha, Ramos, Pavuna, Campo Grande e Senador Camará.

 

Luz Maravilha: duas mil novas câmeras e sensores inteligentes

Na área de inovação, o programa Luz Maravilha, Parceria Público-Privada de iluminação pública gerenciada pela Rioluz, órgão vinculado à Secretaria de Infraestrutura, vai permitir ao COR ter acesso a duas mil câmeras. O consórcio Smart Luz fará a instalação de novos equipamentos e a manutenção do parque tecnológico existente, além da instalação de 300 sensores inteligentes de alagamentos, pluviométricos, semafóricos e de umidade do ar, entre outros ganhos para o município.

Duas startups, a Nimbus e a Noah, foram selecionadas no Desafio COR e estão auxiliando o Centro de Operações e o Sistema Alerta Rio com ferramentas de monitoramento dos impactos das chuvas e dos alagamentos na cidade. Com plataforma online de inteligência artificial, a Nimbus é capaz de prever local (região) e horário das chuvas com 12 horas de antecedência, além do deslocamento dos núcleos de chuva. Já a startup Noah disponibilizou um sensor automático capaz de medir, classificar e divulgar, em tempo real, a altura do nível da água em vias públicas. O dispositivo foi instalado no Catete e no Itanhangá e será ampliado para mais quatro pontos da cidade.

 

Novos pontos de atendimento em caso de emergências

No atendimento direto à população, a Secretaria de Assistência Social e a Defesa Civil municipal atualizaram o protocolo de atendimento a vulneráveis, incluindo 27 novos pontos do total de 241 locais de apoio a moradores de 103 comunidades do Rio. Foram realizados ainda 15 simulados de desocupação de imóveis até o momento; e seis novos núcleos de Proteção e Defesa Civil foram criados nos bairros de Guaratiba, Jardim Maravilha, Acari, Fazenda Botafogo, Bangu e Piedade.

O Plano Verão contará ainda com a campanha “Para Saber de Cor”, com o objetivo de orientar e conscientizar a população sobre os cincos estágios operacionais da cidade (normalidade, mobilização, atenção, alerta e crise), por meio de diversos canais de comunicação, como os relógios digitais e o aplicativo COR.Rio.

Com o aplicativo, o usuário recebe alertas geolocalizados por região e notificações sobre chuvas, acidentes graves e outras intervenções que impactem determinadas vias da cidade. Serão firmadas ainda parcerias com a associação de supermercados, shoppings centers, estádios, principais pontos turísticos da cidade e diferentes modais de transporte (Metrô, Barcas, VLT e Supervia), para divulgar os informes e as recomendações do COR.

Voltar
Telefones Úteis

Centro de Operações

Rio de Janeiro

Aplicativos

Endereço

Rua Ulisses Guimarães, 300 - Cidade Nova
CEP: 20211-225
Tel.: (21) 2976-4500

Assessoria de Comunicação
(exclusivo para imprensa)

Telefone: (21) 2976-4531 / 4538
E-mail: comunicacao@centrodeoperacoesrio.com.br

Dúvidas, Informações ou Denúncias

Ligue 1746 ou (21) 3460-1746,
quando estiver em uma cidade com código de área diferente do 21

Prefeitura do Rio de Janeiro - Todo o conteúdo deste website está licenciado sob a CC-ATTRIBUTION 3.0 Brazil,
exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.

Powered By: Sete Serviços.